Entrevista na TV COM - RBS (Tânia Carvalho), quadro Comportamento 

 


    Dedicando o livro Machu Picchu ao grande ídolo Peter Fonda      Autógrafo de Peter Fonda no livro Machu Picchu  Com Peter Fonda e Brascombe Richmond

Comentários sobre o livro Machu Picchu


"Chardô muito bom seu livro, seus relatos dariam seguramente um também bom filme.

Parabéns pela coragem, e pelos facilitadores que agregou aos sonhadores que planejam uma viagem como a que realizou."

LUCIO GAVIOLLI - São Paulo - SP
 


"Amigo, depois de ter lido o seu livro, tenho a obrigação de lhe agradecer os conselhos e o verdadeiro espírito motociclista , que nos incute, por tudo Bem Haja.

Felicidades para si e todos os seus, longa vida e que um Anjo viaje sempre no seu ombro.

 Um forte abraço de Portugal para si e todos os Motociclistas Brasileiros"

CARLOS BELCHIOR CABÉ - Lisboa - Portugal


"Parabéns ... Parabéns ... Parabéns !!!

                    Parabéns pela belíssima viagem. Exemplo de coragem, determinação e ousadia, ainda mais quando é necessário decidir continuar a viagem sozinho ou voltar; são momentos da vida que mostramos quem somos e você é um grande homem que acreditou no seu sonho, é quando estamos imbuídos de uma grande dose de determinação e perseguimos nossos sonhos que conseguimos superar os desafios e obstáculos, assim retornamos aos nossos lares  felizes e realizados por ter conseguido, com a certeza que valeu a pena, isso porque a vida é um grande aprendizado e quanto você aprendeu com essa viagem ... quanto você cresceu: quando um homem esta determinado não existe barreiras, somente os desafios como forma de nos conhecer melhor e fortalecermos para a vida e para as próximas viagens, pois isto é o verdadeiro sentido da vida. A humanidade precisa de pessoas como você que sonha e realiza.

                             Parabéns pelo belo livro, você soube enxergar a oportunidade que a viagem lhe ofereceu e nos “brindou” com um livro que esta registrado um pouco de sua vida. Ficamos gratos por compartilhar com nós a experiência vivida, onde também viajamos com você através das fotos e relatos.

                             Também nossos parabéns pelo seu site de muito bom gosto, site este que está entre os meus favoritos, o qual temos como referência e sempre indico aos amigos apaixonados por moto, estradas, viagens e aventuras. Estamos aguardando ansiosos o relato e fotos de sua viagem a Ushuaia. Também queremos um novo livro, pois essa sua viagem merece um belo livro, afinal, só um livro é pouco, queremos mais. Favor nos informar para que possamos comprá-lo e lê-lo várias e várias vezes. NÃO ESQUEÇA QUE A VIDA LHE DEU A GRANDE OPORTUNIDADE DE VIAJAR PARA EM SEGUIDA ESCREVER UM LIVRO PARA NÓS. PORTANTO, ESCREVA !!!"

 

EUDES PIMENTEL - Bebedouro - SP


"Gostaria de te agradecer pelo livro, que é maravilhoso, e por sua generosidade em passar sua experiência e impressões. Li de um golpe e houve momentos de grande emoção, pois algumas vivências em comum nos tocam profundamente, seja pelas estradas com duas rodas ou pelas estradas que a vida nos oferta seja como for. Ler seu livro, reunindo ao livro "diários de motocicleta" só me fez crescer o desejo de ir à Machu Picchu, mesmo que caminhando. Infelizmente sou uma motociclista de alma, não deu ainda pra ser de fato, mas o espírito de aventura sempre esteve latente, junto à força do mar que nunca nos deixa, os litorâneos. Daí, a grande lição, viver sempre, viver feliz, e acreditar que tudo podemos!

 Obrigada, lindo trabalho e leve sempre este espírito e as asas do condor em seu coração."

 MOEMA NASCIMENTO QUEIROZ - Belo Horizonte - MG


"Você me deu a oportunidade de ler o seu livro e foi como estar lá, de tão envolvente que  a leitura é (li todo em uma tarde). Muito bom saber das dicas, por onde seguir, dos relatos históricos, do fascínio que a Cidade Inca exerce sobre quem a visita, do esforço quase sobre-humano que você fez para retornar para casa... Gostaria de  ter, também, a mesma oportunidade de escutar o "estrondoso" som do deserto e conhecer um pouco da nossa América Latina. Chego a conclusão de que quase todo motociclista tem um pouco de muçulmano dentro de si, tendo que ir a sua "Meca" pelo menos uma vez na vida."

PAOLO MARCELO LIMA - Fortaleza - CE


"Terminei o livro neste instante, é uma obra de grande valor  paro o motociclismo e motociclista; onde este último passa 'a rever seus valores e conceitos após uma viagem     desta: achei  FANTÁSTICO e vou recomendar 'a meus colegas.

Confesso que por algumas horas ,eu estive pilotando sua DR-800 e curtindo tudo o que você curtiu e um pouco mais. Viajar só, tem seus sabores não é mesmo? Sendo eles doce ou amargo; como os que você sentiu."  

JOÃO CARLOS  BRAGA - Rondonópolis - MT 


"Recebi seu livro e o devorei em 2 (dois!!) dias. Ao final da leitura não teve outro jeito - tive de voltar o marcador de página para o início do livro...

Muito legal. Viajei junto com sua narrativa.

E, além do aspecto "aventura", houve uma preocupação com informações que possam ser importantes para outros viajantes.

Só tenho que lhe agradecer."

RENATO ROMANO - São Bernardo do Campo - SP


"Caro amigo Chardô, acabei de ler teu livro e confesso que fiquei gratamente emocionado pela aventura que você vivenciou. Me coloco no teu lugar e assumo tuas alegrias e emoções, pois sempre fui um viajante solitário (apenas com a companhia da Patri). 

Concordo plenamente com o que tu dizes a respeito, viajar só permite se encontrar consigo mesmo. Há mais tempo para pensamentos mais profundos, do passado, do presente e futuro. Valorizamos mais nosso esforço, assimilamos mais todo o que vemos e conhecemos, em síntese, saímos muito mais cientes de que somos nós e somente nós, quem faz o nosso destino.

Quero dar meus parabéns pelo hermoso livro com o qual você me deu momentos de grande felicidade. Tua forma de escrever é simples e sempre ágil, não permite parar a leitura até chegar no final. Em cada página está estampada a tua grande personalidade.

Posso ver como você é uma pessoa sumamente sensível mas com uma  força de vontade incrível, que leva sempre no seu coração a imagem da família e de Deus. Feliz daquele que consegue chorar de emoção na frente da grandiosidade da natureza e mais mérito ainda para aquele que confessa seu choro ante a presença do supremo.

Me identifico muito com a tua personalidade, admiro você como amigo e aventureiro. Tuas alegrias imensas, tuas recordações de Chañaral, os momentos difíceis pelos quais você passou, serviram para fortalecer teu espírito que já era grande e puro antes dessa viagem. Tenho absoluta certeza que outras grandes viagens viram. Como eu, não conseguiras parar e depois de cada retorno, tua alma e a mente estarão tão sublimemente elevadas, que poderás sentir claramente a presença de Deus, na solidão do deserto ou na grandiosidade da cordilheira.

Meu caro Chardô, mais uma vez, muito obrigado pelos momentos tão lindos que teu livro me proporcionou, você está de parabéns, o livro é rico em detalhes e emoções. Terá um lugar de destaque na minha biblioteca.

Obrigado por mencionar meu nome no livro, foi uma grande honra para mim. Sinto grande orgulho em ser teu amigo."

 

 GUILLERMO GODOY e PATRÍCIA - Florianópolis - SC

(Autor dos livros: Momentos de minha vida a bordo de uma Honda CBR1000 e

Viajando pela rota transiberiana)

 


"Chardô,  Parabéns!!!! Parabéns pela aventura, pelos up grades da moto,
pelas emoções, pelos encontros e desencontros dessa vida, pelo livro e
acima de tudo pelo indômito espírito aventureiro.  Parabéns à sua familia
que o apoiou e tem permitido manter acesa essa chama - motoaventura....
Parabéns por sonhar e realizar o seu sonho!"

NELSON MACHADO - Bogotá - Colômbia


"Termine de leer tu libro y me parecio excelente. Me dejo con ganas de llenar el tanque de mi dr800 y salir por las rutas de America. Realmente tu libro es un gran incentivo para aquellos que no se animen a realizar alguna aventura como la tuya. Ademas puede ser la mejor guia para los motociclistas que quieran ir a Machu Picchu, ya que tiene muchos datos utiles. Pienso como tu, que esta vida es demasiado corta para no tratar de hacer realidad nuestros sueños. Creo que estos viajes en solitario son tambien un viaje a nuestro interior para descubrir nuestras fuerzas y debilidades."

CESAR GABRIEL FALLABELA - Mercedes - Argentina


"Comecei a gostar de livros de aventuras com motos quando li o seu. Depois li vários outros livros com grandes aventuras de grandes motociclistas. Mas o que mais gostei até hoje foi o seu Machu Picchu (sem demagogia). Um livro feito de motociclista pra motociclista. Viajei com você a cada Km, a cada descoberta, a cada emoção.

Hoje estou começando a reler o seu livro. É como se eu fosse fazer uma viagem por um caminho conhecido mas que não tivesse tido tempo de apreciar todos os detalhes. Vou refaze-lo então.

 Liguei a minha moto na primeira página e lá vou eu.... "

JULIANO "JUCA" BENETTII - São Paulo - SP

 


"Simplesmente engoli as palavras e imagens do seu livro
Mil parabéns pela emocionante viagem
E eu é que acabei me emocionando e viajando junto com
você!
Você demonstrou que sonhos podem ser realizados, e a
vida é isso mesmo, constantes realizações.

Não sei ainda se poderei encarar no momento, mas a
leitura me deu uma idéia e mais vontade de ir
Espero poder realizar isto que também está se tornando
um sonho"

TED - São Bernardo do Campo - SP

 


"Posso afirmar que foi emocionante.

 O bom humor, simplicidade, detalhismos, espiritualidade, inteligência, autenticidade e, principalmente, a coragem fizeram do seu livro uma "obra de arte". PARABÉNS!...

Tem tanto para comentar sobre a leitura do seu livro, mas finalizo dizendo que é interessante ver um amigo tão especial ali vivo nas páginas de sua criação, escrevendo e vivendo coisas que fazem a gente refletir pra caramba.

E, concordo com você, cada vez mais, que nada acontece por acaso."

ELIANE REGINA LASCH - Camboriú - SC

 


"Un relato cautivante de un viaje devenido odisea; nos transporta por las rutas del Cono Sur y la calidez de su pueblo.

Una prosa agil nos permite redescubrir  las emociones de ir en busca de la mítica ciudad incaica, y las vicisitudes de hacerlo solitariamente a bordo de una gran trail.

Magnificamente ilustrado, y con una completa y ordenada información, practicamente se convierte en una excelente guía de viaje...y de sueños.

Para todos los que amamos las dos ruedas y los bellísimos paisajes de sudamérica,...simplemente: imperdible!"

                                                                                       

JORDI CHAIX - Buenos Aires - Argentina


"É simplesmente de mais o seu livro, relatando com extrema emoção todos os acontecidos no caminho. Caminho este que me levou junto a você, talvez até me sentindo "o sombra". Algumas vezes me peguei sonhando apos ter lido varias paginas e adormecido....

      Espero que todas as pessoas que eu indicar o seu livro o adquiram, porque é algo mais do que fenomenal."

MÁRCIO MACIEL - Nova Mutum - MT 

 


"Já nos sentimos teus velhos amigos!
Acabamos de ler sua fantástica aventura e partilhamos de seus bons e
sacrificados momentos.
Gostamos muito da forma como escreveste. Aliás, esperamos ser este o
primeiro de muitos livros. Foi super legal a riqueza de detalhes, as
informações para futuros viajantes, as dicas e a História dos lugares,
contando tudo minuciosamente."

MAURO BRUM E MÁRCIA BERTOTTO - Porto Alegre - RS


 "Amigo Chardô......pois qualquer pessoal que chegar a ler seu livro terá a impressão que é seu amigo a muito tempo.

    Seu livro tem um grande defeito:   Desperta um desejo louco de "jogar tudo pro ar", pegar a moto e sair pelas estradas.

    Parabéns pelo livro, que além da aventura em si, você explicou curiosidades de onde você estava, digamos assim que você ainda deu uma aula de Historia."

SILVIO ROBERTO DE PAULA - Franca - SP


"Adorei teu livro!!! Simplesmente o "máximo"... Parece que fiz a viagem contigo, pilotando outra DR 800... A narrativa prende o leitor ao texto. Fica-se com aquela vontade de ler sem parar. Cada capítulo deixa um certo suspense... "o que acontecerá depois?" É, de fato, empolgante!... Outro aspecto bastante positivo do livro são as dicas, para quem quiser aventurar-se em longas viagens como esta...
Gostei também das tuas reflexões. Os momentos em que estamos acompanhados de nós mesmos nos são bastante propícios para pensarmos na vida.
Valeu!... Ficarei com saudades dessa viagem... Com certeza, este livro será lido outras vezes..."

BOSCO BARROSO - Rio de Janeiro - RJ


"Parabéns pelas dicas e ensinamentos que o seu livro mostra, acho que já  li ele umas cinco vezes para buscar inspiração, tanto profissional como espiritual...."

GERALDO MOROSINO - Porto Alegre - RS


 

"Acabei de ler o seu livro e estou realmente impressionada.

Tanto com a sua maneira de escrever que proporciona uma leitura agradabilíssima quanto com a capacidade de descrever as paisagens com  essa gama de detalhes fazendo com que as pessoas realmente "viagem" contigo. Aquela senhora estava certíssima quando falou "Que valiente"! É exatamente o que você é. Parabéns!!!"

GRAZIELA GUAREZI MARTINS - Tubarão - SC

 


"Recebi o livro que é um encanto para todos os que "curtem" aventuras.

É começar a ler e só parar na lamentação de já se ter chegado ao fim.

 Pela especial situação da "contagem regressiva" para minha própria aventura, me deixei levar por sua narrativa vivendo cada página como se eu mesmo estivesse vendo e sentido cada momento passado, usurpando teu lugar e me colocando naquelas estradas e trilhas.

Você conseguiu um relato no perfeito equilíbrio entre a emoção da realização de um sonho, a fascinação pelo que foi vivenciado e a frieza que os cuidados e responsabilidade requerem. Perfeito !

Um amigo meu, quando termina de contar suas histórias de aventuras, diz para sua platéia: - "Morram de inveja". Foi nisso que pensei quando cheguei na última página.

Como coloco em meu site (www.balaio.com.br), uso como lema as palavras de James Aggrey: "Cada pessoa tem dentro de si uma águia. Ela quer nascer. Sente o chamado das alturas. Busca o sol. Por isso somos constantemente desafiados a liberar a águia que nos habita."

Você já liberou a sua águia. Parabéns !

Certamente seguirão novos vôos em busca das alturas. Sucesso !"

 MURILO MENEZES - Porto Velho - RO

 


"Aceite meus parabéns pelo seu magnífico livro !  No gênero, constitui  obra excelente, muito bem escrita, minuciosa e muito precisa em suas indicações históricas e geográficas. Gostei imensamente da leitura, que me proporcionou agradáveis momentos e me levou a fazer o caminho nela relatado com tanta realidade." 

 

SERGIO JOSÉ DE BRITO - Curitiba - PR

(Autor do livro: O Caminho de Santiago de Compostela - Rota do Novo Milênio)

 


"Já li o seu livro ! 

Quanto à minha opinião, só tenho uma coisa a comentar ..... FANTÁSTICO ! ! !

Eu que nunca saí da Europa, fiquei com a sensação de ter ficado a conhecer a América do Sul, principalmente as zonas por onde você andou.

Quando o comecei a ler,  "fiquei sem travões",   (freios, como vocês dizem no Brasil)  já não pude parar mais.

É daqueles livros que recebemos hoje e, ..... lemos ontem !

Bem, haja  pela sua simplicidade, riqueza de sentimentos e a forma que tem de nos transmitir tudo isso.

Com motociclistas assim, até tenho mais orgulho de ser também motociclista.  Afinal o espírito motociclista é universal, pois que de alguma forma, o espírito que reina entre os verdadeiros motociclistas europeus, é semelhante aos de além mar.

 Só espero que tenha ficado completamente bom da sua coluna."

JOSÉ LEITÃO - Lisboa - Portugal 


"Estás de parabéns por este livro que além de proporcionar muita emoção,
também nos deixa uma lição de vida. Alguém já disse que "não podemos ser
menores que nossos sonhos", e com certeza teu livro consegue passar a
grandeza da tua alma e da tua personalidade.
Que Deus continue te abençoando, e que outras viagens aconteçam para que
continues a nos brindar com tuas histórias.
O livro foi devorado numa só tacada, ficará na estante ao lado das obras do
querido amigo Guilhermo Godoy para serem recomendados e relidos sempre que
eu precisar "encher" a alma."

PAULO ROBERTO MUELLER - Florianópolis - SC


                    

                "Acabei de ler o livro, cara; lindo....viajei cada centímetro dos quilômetros que você rodou...       fui na garupa, pilotei, vi, senti, curti, tive frio, calor, medo, todas as emoções que você viveu, você conseguiu passar para a gente nas linhas, entrelinhas; de todas as formas...                    você me proporcionou momentos muito gostosos com seu relato. Só tenho a lhe agradecer e ao mesmo tempo lhe parabenizar, não só pela viagem, mas pelo livro. Muito bem redigido, bem editado, fotos muito bonitas; as suas impressões pessoais, talvez você só tenha percebido o valor das mesmas após rever o livro, acredito eu.."

 FERNANDO BRUM - Sorocaba - SP

 


"Já li todo o livro que recebi sexta-feira e é como eu esperava, autêntico,
relato fiel da viagem sem muitos floreios,
porém dando conhecimento de detalhes da cultura , história, etc.
Viajei contigo em cada página, muito embora apenas o trajeto de Puno a
Moquegua eu não conheço.
Cada detalhe era importante porque revivi toda a viagem que fiz com a
esposa na garupa e inclusive algumas páginas
reli, com o pensamento naquele exato ponto da estrada e até podia sentir o
frio ou o calor, ou mesmo o cheiro.
O "choclo con leche" na parada do trem  é um dos cheiros que ainda consigo
sentir.....

Outros detalhes foram aparecendo, a última viagem que fiz ao Chile,
passando pelo Vale de La Luna (belíssimo), que
fica na província argentina de La Rioja (terra do Menen), depois Santiago,
Pucon, Bariloche, B.Aires, Punta , Joinville .....

Me diverti muito com o seu relato sobre a Bolívia e seus pedágios.
Realmente chega a ser hilariante ......"

WILSON MATHEUS - Joinville - SC


"Felicidades, tenho certeza que o livro será um sucesso, porque é a história de uma aventura real, onde os efeitos especiais são a própria natureza e onde o ator principal é uma mistura de coragem e loucura."

LUIS CRUZ - Rio Grande -RS


"Uma das melhores características dos melhores seres humanos é a capacidade de compartilhar. Ler seu livro foi uma viagem. Viagem que você compartilha com seus amigos e entre os quais ouso ter a  honra de figurar.
Quem já viajou de moto (cavalo dos nossos tempos) sozinho vai vibrar como eu, ao ler seu livro. Lê-lo foi uma viagem.
Você, além de um grande motociclista, é um excelente escritor, muito além de um descrevedor de paisagens, contou a um só tempo, duas viagens:
A exterior a Machu Picchu e a interior à Cidade Interna. Esta, com seus personagens medos, saudades, alegrias, impaciências, criança...foi percorrida pela alma, que não é DR, mas é BIG!
Deus te ilumine e te dê muita saúde pra que possamos compartilhar de suas viagens em outros livros, pois este "Machu Picchu", com certeza, não será filho único.
Quem sabe um dia, ao apontar a câmera para o lado, não fotografe apenas o companheiro sombra, mas também a minha moto e eu, se eu puder ter a honra de compartilhar contigo os mesmos quilômetros.
Parabéns, amigo!"

JOSÉ ISMAEL PAULA SIMÕES - Brasília - DF


"Quinta feira passada chegou o livro do Chardô que comprei. No sábado eu já tinha terminado de ler. O livro é muito cativante e foi muito bem escrito. O relato mostra uma aventura digna das telas de cinema. Acho a leitura deste livro imperdível. Parabéns Chardô! Pela aventura e pelo livro. Um dia eu chego lá. Vontade não me Falta."

RICARDO PEREIRA DA SILVA - Brasilia - DF


"Creio ter sido o primeiro Arcanjo a ter a oportunidade de ler seu livro. É imperdível pois se trata de uma lição de vida de uma pessoa simples e sensível, com grande experiência no mundo das duas rodas. A viagem sobre o veículo de duas rodas o aproximou ainda mais de sí mesmo. É a experiência que vivenciamos quando nos unimos ao nosso universo interior."

 DANIEL GODOY JUNIOR - Curitiba - PR

 


"Gostaria de parabeniza-lo pela dupla coragem, a primeira a viagem, que ja cumprimentei pessoalmente, a segunda pelo livro que escreveste(Belíssimo), e que se os Deuses que habitam pelos Andes nos permitir , vamos nos encontrar de novo pelas estradas da vida ."

HUMBERTO LAGUE - Porto Alegre - RS


"Acabo de receber, e de ler de uma só tacada, seu livro. Vivenciei todas as
emoções com a cumplicidade de quem já colocou os alforges na moto e encarou
a estrada (em proporções bem mais modestas, é claro). Lembrei vividamente
das vezes que sozinho em estradinhas de terra (ou lama), tive que levantar
a moto após beijar o chão ou parei para fotografar aquele rio ou montanha,
tendo sempre o cuidado de focar parte da moto. Li ,com a vista turva, a
história do Marcel e me lembrei de ansiedade semelhante que passei com o
meu filho. Me lembrei de alguns personagens com os quais cruzei por esse
nosso interior. Enfim, me emocionei. Valeu."

LUIZ OTÁVIO - Rio de Janeiro - RJ

 


"Meus parabéns por ter escrito o livro e por ter realizado a viagem, sendo o livro (e a viagem)  um volume precioso, você é um campeão,  por realizar a viagem e por escreve-la."

ANTONIO ROGÉRIO RIBEIRO - Lages - SC


"Acabo de chegar do litoral do Paraná onde fui passar o Natal, e o seu livro me chegou em mãos poucos dias antes do feriado. Devorei o livro em pouco tempo, e acredite viajei junto com você a medida que lia suas palavras. Parabéns, muito bem redigido como disse viajei junto e nem percebi, quando me dei conta o livro já tinha acabado."

RUBENS WERLANG - Curitiba - PR

 


"Acabo de finalizar a leitura do livro do Chardô... não dá nem prá tentar explicar... só mesmo lendo, viu galera...
Chardô: você está de parabéns, não só pela deliciosa aventura mas também pela beleza e riqueza de seus relatos. Memorável (embora doloroso naquele instante) sua luta para reerguer a DR... Uma das melhores partes está na página 125, na segunda frase do primeiro parágrafo... olha aí nossa grande chance... aí Chardô, quando estiverem abertas as  inscrições vc avisa prá gente, tá certo ???"

ELTON GUEDES RIOS - Itaperuna - RJ


"Terminei agora (21:51 08/12/00) de ler a tua obra. Não sei o que dizer.
 Talvez tenha que dizer que foi um privilégio ter sido companheiro, teu, em parte da viagem. Pelos motivos que você bem descreveu no livro, não deu. Mas por linhas tortas, estamos ai. No lançamento do livro estávamos juntos novamente (eu , tu e o Valter), fazendo planos para outra aventura."

PAULO FLEISCHER - Porto Alegre - RS

 


"Na 4ª feira recebi o teu livro e tive que viajar na pressa para Campo Grande, buscar meus pais que estavam lá. Li o livro todo na viagem, entre um sono e outro. Tu conseguiste escrever de forma que a leitura flui naturalmente e com certeza, viajei contigo. Foi uma grande viagem. Te admirei muito, a coragem, assim como os esclarecimentos sobre os lugares por onde passaste. Em determinado momento, critiquei: - Porque o Chardô não colocou as fotos nos pontos onde explicava?, mas logo que terminei de ler, percebi o teu intento e novamente viajei, agora com imagens, lembrando os locais por onde "passamos". 

Parabéns amigo, pela viagem e pela brilhante exposição dos fatos. 

Li outros livros de viajantes, mas nenhum me prendeu como o teu. 

Um grande abraço e com certeza agora te admiro mais, após esta grande viagem que fizemos juntos."

PAULO TODESCHINI - Lages - SC

(Produtor e apresentador do programa de TV Cia Liberdade)

 


"Grande amigo Chardô gostaria de te dizer que o livro é excelente, como
já era previsto, sua forma de escrever nos transporta aos lugares que
esteve e nos deixa bastante presos a leitura não permitindo que se pare
no caminho como você o fez e sim seguindo até o grande momento do
retorno a casa.
Gostaria de dizer ainda que não para aí, voçê coloca bastante dados em
que o mesmo se torna um bom guia para quem como eu quer se
aventurar nestes caminhos.
Parabéns amigo e logo que tiver o próximo participe a nós."

THALES CAVALCANTI - São Paulo - SP


"Tenha certeza que o seu livro passou a ser para mim e muitos
  outros, um parâmetro de ensinamento para se planejar uma viagem
  de moto, além de tudo mais que ele mostra. Pinceladas da
  cultura e colonização espanhola. Aprendi coisas que nunca li
  em nenhum livro de história. Me entusiasmei e mostrei até para
  pessoas que não tem nada a ver com motos. Você está incentivando
  outras pessoas a irem atrás de sonhos como este realizado por
  você, há pouco.  E eu sou uma destas pessoas.
      Muito obrigado, Chardô, pela sua contribuição de várias
   formas....."

PAULO LOPES LUZ - Porto Alegre - RS


                       "Dia de chuva, pouco ou nada para fazer até que me veio a idéia de ler o livro.    Grata surpresa! Só parei de ler quando o relato chegou ao fim. Encantei-me com a sensibilidade que trataste as pessoas e a pureza dos detalhes. Fica latente o lado humano do motociclista, o estar atento ao mundo, a paixão pela natureza. Identifiquei-me profundamente no teu personagem, o prazer pela viagem e não a máquina pela máquina....       Para poder lecionar e administrar as minhas escolas rodo 80.000 Km por ano em média há 19 anos. SEMPRE DE MOTO! Sinceramente, acho o carro um veículo muito perigoso.   De qualquer maneira, seja como professor, seja como motociclista, tenho respaldo suficiente para afirmar: o livro é bom." 

TOM - Florianópolis - SC

 


"Posso dizer que passei o Natal e o Ano novo na companhia do amigo. Parabéns
pela coragem e perseverança, poucos seriam tão valentes a enfrentar a
Cordilheira sozinhos. Seu livro além de ser uma aula de história das
civilizações incas é um relato primoroso de uma viagem inesquecível e um
guia prático para planejamentos de viagens."

ROGER BITTENCOURT - Florianópolis - SC

 


   " O que é um livro de aventuras?

    Para quem escreve é a realização de um sonho conquistado e o relato das experiências vivenciadas entre a excitação e o desconhecido da saída e o cansaço e a alegria da chegada.

    Para quem o lê, é a possibilidade de sentir as experiências, o frio, o calor, o sufoco e as pessoas e os lugares vistos, mesmo não estando na sua "sombra" ou na sua garupa. Como se estivéssemos lá. Juntos. 

    E isso você conseguiu passar nas páginas de seu ótimo livro, que com certeza, ficarão amarelas em minha pequena biblioteca!

    Amarelas nos dois sentidos: pelo passar dos anos e como as conhecidas páginas amarelas, onde podemos consultá-las e sempre podermos tirar informações para um dia podermos realizar a nossa grande viagem!

    Parabéns!"

   MAX - Pelotas - RS


"Seu livro  ficou  ótimo, mostro o livro aos meus amigos e tomo a liberdade de falar:          
        - Este  é o relato da aventura de um amigo meu. Após foliarem o livro vem o pedido “quando terminares me empresta”, então passo o seu site.
        Sempre pensei nesta viagem agora tenho um guia excelente e indispensável para minha saída..."

MARCELO e SHEILA - Santo Amaro da Imperatriz - SC

 


"Recebi ontem (sexta-feira, 09.02.01) o seu livro "Machu Pichu...", o qual já li e apreciei bastante. Na minha opinião, não se trata de uma simples narrativa,
mas também uma releitura dos fatos através dos valores e sensibilidade  do
escritor.
Chardô, o meu muito obrigado a você, por ter dividido a sua viagem conosco,
os seus leitores, e mostrado não só o motociclista mas também a pessoa
sensível que você é."

JOSÉ APARÍCIO - Avaré - SP


"Muitíssimo interessante sua aventura, e muito gostoso o livro. Belíssima
escolha e um relato muito bom de ser lido, pois a linguagem utilizada foi
extremamente adequada e conseguiu transmitir o que sentias.....
Um dos acessórios que instalaste me chamou bastante a atenção: o
porta-objetos de direção. Como sempre carrego um monte de coisas comigo, e
algumas eu detesto enfiar nos bolsos (como chaves), achei a invenção
muitíssimo útil e extremamente criativa....."

EDUARDO SHERER - Estrela - RS


"....só posso te parabenizar pela coragem e pela oportunidade de
vivenciar essa experiência tão única de autoconhecimento e conquista.
Quando ficamos procurando motivos para adiar nossos sonhos, é bom ver que
com disposição e confiança, eles podem ser realizados.
Me identifiquei com muitos aspectos da tua viagem. Sou natural do Chile e
já viajei para lá algumas vezes, sempre de carro. Já tive o prazer de
dormir sob o luar no meio das montanhas, beber água das vertentes da
cordilheira e acampar ao pé de vulcões. Já vi amigos chorando de emoção ao
pisar na neve pela primeira vez e sei como é fantástico descobrir quantas
coisas lindas a natureza ainda tenta nos reservar.
Enfim, é ótimo ler e compartilhar estas emoções com pessoas que realmente
apreciam a vida e o mundo em que vivem. Estou juntando coragem para fazer a
sonhada excursão ao Valle de La Luna. Acho que encontrei estímulos. Não vai
ser de moto, já que nunca tive uma e a esta altura da vida estou preguiçoso
demais para habituar-me às duas rodas. Mas vai ser emocionante com certeza."

RODRIGO ESPINOSA - Porto Alegre - RS


"Comprei e li o seu livro. Achei muito bom. São estas aventuras e projetos
que dão valor a vida da gente. Não dá pra se acomodar mesmo.
Tinha visto a sua entrevista na TVCom e fui atrás do livro para ler. Gostei
muito.
Parabéns e continue assim."


RUDIMAR A. S. MARCOS - Porto Alegre - RS


"Demorei para começar a ler seu livro,por conta de muito trabalho, mas quando comecei não consegui parar mais, gostei muito,principalmente das partes em que você narra quando sai das cidades, conta o trajeto e o que se passou, quando chega e procura hospedagem........

Parabéns, parabéns mesmo!!!!!!!!!!!"

MARCIO WAGNER - São Paulo - SP


"Resolvi, finalmente, ler teu livro. Confesso que ainda não havia lido, pois imaginava que seria uma monótona descrição de um roteiro de viagem. Enganei-me redondamente! O livro é muuuuito bom! Parabéns mesmo! Comecei a ler e não consegui mais parar! Comungo contigo daqueles momentos de emoção que tu descreves quando sentes o clima daquelas paisagens fantásticas, daquela imensidão do deserto e das montanhas. Consigo sentir a mesma emoção que tu descreves...

Nossos esportes, o motociclismo e o vôo de asa delta, tem muitas coisas em comum: somos uns lobos solitários e ao mesmo tempo os grupos dos quais participamos, nossa matilha, são muito importantes para nos. Ambos os grupos se caracterizam pelo forte espírito de solidariedade e cooperação entre todos. Porem, sem duvida, o que mais se assemelha em nossos esportes é a emoção! Impossível encontrarmos palavras para descrever a sensação que sentimos ao percebermos a pequenez do ser humano numa paisagem fabulosa como aquelas das quais tu fizestes parte (o motociclista não assiste a paisagem, ele faz parte dela), como também é impossível para o voador descrever a emoção de um vôo na imensidão do céu. 

As únicas palavras que conseguimos pronunciar nesses momentos são OBRIGADO MEU DEUS!!! Sentimos que aí Ele está presente... Um grande abraço!"

 ANTONIO CANTARELI - Porto Alegre - RS


"Terminei a viagem que fiz levado pelo
seu livro. Como velho motociclista e amante incondicional dessas
maravilhosas máquinas que nos tornam cada vez mais parte desse planeta,
preciso dizer-lhe que em vários momentos, seu relato me deixou com
arrepios.

Com um pneu furado em pleno sertão do Nordeste, sem estar
perto de nada, a angústia que senti não deve ter sido, nem de perto, a que
você passou com a DR caída na neve longe de tudo.

Este "egoísmo" que você citou por viajar sozinho, não é,
absolutamente o tipo de sentimento mesquinho que infelizmente vemos em
tantas pessoas. É, isto sim, um encontro com nós mesmos, é aquele espelho
que você lembrou, e de onde extraímos o reflexo da nossa real imagem.

Obrigado meu amigo, pelo deleite de aprender mais um pouco
sobre as pessoas e o mundo e que, toda chegada sempre seja o início de mais
uma viagem."

LUIZ FACUNDO DE ALMEIDA - Campina Grande - PE


"Adorei o seu livro, acabei lendo em dois dias . Como estou de
 férias em casa e não viajei , " meu filho nasceu ",  ter lido o seu livro me
fez compartilhar de sua aventura,  levando-me as cidades, pessoas e
paisagens que agora ficarão no imaginário....
Parabéns pelo livro , pela página e pela coragem !!"
 
ROBERTO CASTRO - Brasília - DF


                              "Só uma viagem destas merece o livro MaRaViLhOsO que você  fez!!!! O site tah um barato!!!! E com certeza, todos nós podemos viajar junto com você depois de ler a GRANDE aventura ao deserto e a Machu Picchu! PARABÉNS por tudo..."

BRUNA CHARDOSIM (12 anos) - Porto Alegre - RS


                          

"Também possuo uma DR 800, igualzinha a usada em sua aventura pelos Andes e Atacama. Depois de ler seu relato fiquei ainda mais fã da máquina.

Confesso que meu interesse pelo livro foi mais o de saber do que o DRão é capaz, mas depois de algum tempo lendo, passei o foco das atenções para sua narrativa, as experiências vividas, etc.

Impressionante e ao mesmo tempo cativante ler as páginas que descrevem essa viagem.    Deve ter sido realmente uma experiência inesquecível."

 

SERGIO EDUARDO BIZARI - Taquaritinga - SP


"Estes livros deverão um dia ser distribuído nas escolas para consultas de alunos de todos os níveis escolares. Eles contem não somente aulas de geografia, historia, como também relatos de pessoas vividas nestas terras de tantas incógnitas. 

Machu Picchu – Chardô, Nas trilhas da América do Sul – João Batista de Lima, Minha Moto, eu e a América – Miragaia René Angelino, Yukon a última fronteira – Miragaia René Angelino, Momentos da minha vida a bordo de uma Honda CBR 1000 – Guillermo A Godoy, Viajando pela rota transiberiana – Guillermo A Godoy, Caminhos da Grande Cordilheira – Clodoaldo Turbay Braga, Curitiba-Alaska – Clodoaldo Turbay Braga. Graças a Deus tive a oportunidade de ler todos.

Acho também que não importa a condução (claro que de moto fica mais “natureza”) o importante é sentir-se feliz, viajando, viajando..."  

MILSON COUTINHO - Sobradinho - DF


"Viagem espetacular, relato fascinante, livro indescritível.

Valeu 'mano velho', me senti como se estivesse com você na viagem"

LUIZ AUGUSTO LOMBARDI - Ouro Fino - MG


"Bem Chardô, acabou-se o que era doce! Ontem terminei o livro. Foi uma pena! Não fosse tua séria contusão, teríamos tido pelo menos mais um capítulo. Você está realmente de parabéns. Conseguiu transferir para o leitor toda a emoção sentida em cada palmo de chão que percorreu! No momento da nevasca em Puno, a queda e a contusão, tive vontade de ir até lá para te ajudar, de tão envolvido que fiquei com tua história. E parabéns duplo, porque fizestes a viagem dos seus sonhos sozinho, superastes as dificuldades todas e ainda conseguistes passar isto para os leitores de um jeito muito especial!"

JOSÉ LUIZ LEDA GALLO - São Paulo - SP


"Ler este livro é como se viajássemos junto com você,
tal a clareza com que é descrita a viagem."
 

ÁLVARO SANTOS - Salvador - BA


"Tivemos a oportunidade de estarmos juntos no IV Motoroad,    festa ocorrida em Campo Grande-MS, e durante um delicioso churrasco e muita cerveja tivemos o prazer de falar de nossas histórias de motociclistas, li o seu livro e achei muito interessante, você conseguiu retratar muito bem o que é viajar pela América Latina. Curti a leitura como se eu estivesse junto naquela aventura. Mantenha sempre este espírito viageiro e aventureiro. 

Hoje em dia estamos vivendo em Lima - Peru ...."

ANTONIO e NEULMA MANETTI - Lima - Peru


"Posso dizer que passei horas muito agradáveis acompanhando-te pelas rutas latinas.  Eu já fui escoteiro (acho que ainda o seja) e aprendi que existem escoteiros e ESCOTEIROS, sou radioamador (PY5-PK) e aprendi que existem radioamadores e RADIOAMADORES, da mesma forma em minhas escaladas aprendi a diferenciar prontamente um MONTANHISTA de um batateiro (farofeiro de montanha). A pouco tempo desenvolvi gosto pelo motociclismo e vejo que existem motoqueiros e MOTOCICLISTAS. Percebi que a paixão cria o espírito característico de cada clã. Este espírito que você demonstra ter e que passa em suas palavras. Concluo que a paixão é uma força interior que faz com que realmente vivamos e que nos leva onde quer que queiramos ir. Para mim sua figura representa o motociclista. Claro que sei que existem muitos pelo mundo afora e quem sabe num futuro eu possa estar entre os grandes.......Mas não deixo de pensar na vida como viver o momento de forma a sentir cada instante. Creio que este sentimento também lhe é familiar pois você descreveu no “Momento mágico em Chanharal”........

Acho que para resumir bem, tudo é uma questão de paixão. Ela que diferencia aqueles que vivem por viver daqueles que vivem as experiências da vida realmente. Há gente que vive no passado, ou no futuro e não vivem os momentos mágicos do presente....Continue difundindo o motociclismo e a essência de seu espírito. Parabéns pela aventura e pelo seu livro."

CLÁUDIO AURÉLIO - Maringá - PR


"Nota 10 seu livro, aliás dos que já li posso dizer que é um dos melhores, se
não o melhor, e olha que em português tenho todos, e mais alguns em inglês."

DOMINGOS SÁVIO - São Paulo - SP


"Sou um típico motoqueiro de Piracicaba-SP, lendo o seu livro, estou ainda
mais apaixonado pelo mundo das motos. Sou apenas um jovem com 21 anos e este
livro me encorajou a realizar meu sonho: conhecer o Brasil do Iapoque ao
Chuí pelo Litoral, curtindo todas as praias."

RODRIGO F. GARCIA - Piracicaba - SP


     "Eu parabenizo pela sua grande aventura, foi muito legal eu estar com você nesta aventura, pois eu lia todos os dias um dia de sua aventura para não acabar logo, pois eu me materializei neste grande sonho real em que você foi o protagonista. Eu sou motociclista desde os 18 anos,.....  fiquei viúvo em 1995, desde então procuro cada vez mais estradas mais longas com a minha pequena azul (RF900/99)..... Eu amei cada dia do seu diário de bordo, narrando com detalhes toda sua aventura, é demais. Sou um homem desprovido de inveja, mais essa aí, confesso que senti um gostinho de inveja. 

Fui a inauguração de uma livraria do mano Jorjão que é também motociclista e lá estava em caixa alta a inscrição - MACHU PICCHU - olhei o livro vi o adesivo e falei: - é esse aí, comprei, li e não me arrependi, adorei."

ANTONIO CARLOS DA SILVA LIMA - Brasilia - DF


"Gostaria de te colocar a culpa pelo horário deste e-mail! São 5 horas da manhã, de uma segunda-feira e ainda não consegui dormir, pois fiquei com o olho grudado no teu livro! Isso é sacanagem. Como não vale mais a pena tentar pegar no sono, resolvi vir pro computador e te escrever.

Parabéns pelo livro, cara! Gostei muito, mas muito mesmo! Aprendi dicas sensacionais sobre a nossa moto e quase tive uma lição sobre sobrevivência na neve, com uma vértebra fraturada! Ainda bem, que essa aula ficou no plano hipotético!

Tive sorte de ter ouvido muitas coisas sobre essa viagem, antes mesmo de conhecer o livro e, o que é melhor, da própria boca do autor. Inteligentemente, ele não me contou tudo, apenas antecipou a disposição dos capítulos, o que fez da leitura uma curiosidade acelerante. Talvez por isso que ainda esteja acordado!

Valeu, mesmo!

Assim, como os super-heróis na Sala de Justiça, já estou esperando a próxima aventura."

PEDRO PAES - Ribeirão Preto - SP


"Obrigado por compartilhar sua incrível aventura, os detalhes dos locais e as
aulas de história. Esse é o verdadeiro espírito, não só passar pelos locais
e tirar algumas fotos, mas sim conhecer a vida e a história do povo que vive
e viveu por lá.
Gostei muitíssimo. A cada página mais a vontade de pegar a moto e fazer o
mesmo aumentava. Quem sabe um dia ?
Espero que o mesmo entusiasmo contagie meu pai, que sonha em conhecer o
Chile de moto."

MARCOS HENRIQUE BIZARI - Taquaritinga - SP

 


"Caro amigo motociclista, ainda não nos conhecemos, porém lendo seu
livro pela terceira vez, confesso que me sinto um velho amigo, pois
dividi com sua história várias emoções já vividas, PARABÉNS pelo
livro, HP e principalmente por ser motociclista."

MARCO ANTONIO MILHORANÇA - Porto Alegre - RS

 


"Seu livro como de tantos outros "Motociclistas de Alma" como: Clodoaldo, Dr.
Guilhermo, relatos como do Thales/Dani e muitos outros (etc, etc...), que
conseguem realizar  suas viagens ou melhor "nossas viagens" (Por que
passamos também a viajar com vocês),  nos estimulam cada vez mais.   Quem sabe um
dia também possamos realizar alguns   "sonhos" semelhantes e fazer parte
deste seleto números de aventureiros que curtem a motocicleta na sua
verdadeira essência "Liberdade e aventura".

Sem falar no verdadeiro acervo de informações preciosas pertinentes ao
contexto, como: Lugares, pousadas, dicas, roteiros, documentação....
detalhes inúmeros contidos nestes  "best seller", e que alimentam nossa
vontade de seguir o conselho do Almir Klink em uma de suas frases:

"Um dia e preciso parar de sonhar e de algum modo, partir".

ARNAUD DE ARAÚJO MACÊDO JÚNIOR - Natal - RN

 


"Recebi no outro dia o teu livro e li em dois dias,
numa tarde chuvosa, li 5 horas seguidas, degustando um bom
tinto, no final, parecia que eu estava junto.Bela
aventura, quando tu programares outra parecida ... quem
sabe eu possa ir... Na neve deve ser muito complicado de dirigir, o que fazer, não viajar na neve, corrente pra
pneu de moto não sei se existe..... mas  PARABÉNS, não só pela viagem, mas o livro, foi muito bem redigido, parece muito próximo, não sei se é por ser de Porto Alegre, bem
legal."

MARTIM MULLER - Porto Alegre - RS

 


"Meu pai conhece o Sergio Gassen, santa cruzense que adora motos. Ele
emprestou teu livro, que em dois dias foi lido várias vezes por meu pai.
Ele gostou muito da forma que está escrito, sua apresentação,
originalidade e como orientação para quem viaja de moto ou carro.
O que mais inpressiona é o espirito de liberdade que ele transmite ao
leitor. Muitas vezes o ser humano se apega as coisas materiais e assim
passa a vida inteira trabalhando e não faz um tempo para realmente
viver.
No coletivo ou na solidão você mostra que o objetivo interior da pessoa
deve ser alcançado, realizando-se para ser feliz na coletividade.
Parabéns 
Sorte e paz"


LIANE KIPPER (filha) e CLAUDIO MAHLMANN - Santa Cruz - RS



"Acho que falar bem do seu livro é chover no molhado, porém me sinto na
obrigação de falar do mesmo sem puxa-saquismos baratos.
Pois bem camarada, confesso que terminei e comecei novamente a leitura.
Estou mais ou menos na pagina 80. Em geral, quando assisto um filme e o
mesmo me agrada, costumo repetir várias vezes. Isto faz com que eu reveja
detalhes que passaram despercebidos nas vezes anteriores. Sem contar que
estou me divertindo novamente.
Com o seu livro não está sendo diferente.
Conforme relatos de leitores anteriores, é ler e se sentir na viagem
também.....
Está citado na introdução que Deus não dá um fardo mais pesado que aquele
que nós  possamos carregar. Pois bem, confesso que você é uma das pessoas
mais fortes que tenho o prazer de conhecer. Os episódios que foram
relatados sobre seu querido filho e a queda na nevasca dos Andes só tem à
confirmar suas grandes vitórias diante das mais adversas situações de sua
jornada na estrada da vida.
Como motociclista que sou, você me ensinou que é possível sonhar. Já tenho
um roteiro "long distance" que pretendo realizar. Falta apenas oportunidade.
Como leitor, digo que você deu um banho de narrativa.
Grande trabalho Chardô. Viaje mais e escreva mais livros contando essas
jornadas."

EMERSON CHAN - Lorena - SP

 


 "Caro colega motociclista, estou te escrevendo para parabenizá-lo pelo excelente livro Machu Pichu, eu que quase não tenho tempo para ler, devorei-o em apenas 3 dias."

ZENON LAPOLLI - Criciúma - SC

 


 

        "Ontem terminei de ler seu livro, talvez você não lembre, mas quando comprei direto contigo para dar de presente ao meu pai, logo peguei pra ler,  mas depois o velho se grudou e passou a ler, depois minha irmã que também curti moto... e agora finalmente pude lê-lo tranquilamente já que estou de molho mesmo e não posso sair muito.

    Cara, fiquei muito impressionado com o relato e a forma que tu escreveu, havia momentos em que eu tinha a impressão de estar junto sentindo o frio como tu descreveu, quando precisava colocar mais algumas camisetas e aqueles momentos especiais de estrada que eu também curto muito.
    Quando cheguei no lance da neve, senti um desespero como se precisasse estar lá pra te ajudar!
    Outra coisa que fiquei impressionado foi quanto aos relatos que tu faz a respeito dos lugares e tradições, tu deve ter estudado muito, dos lugares que passou...
     A paixão pelo motociclismo que você passou através do livro veio ao encontro de como me sinto a respeito deste vicio.... quando se passa a andar de moto e se contamina com aquele "vírus motociclistico"...hehe!"
 

VINICIUS STEFENON - Gravataí - RS


"Acabo de retornar de Machu Picchu, para onde fui de moto, sozinho, como você.
O trajeto foi parecido: fui .......
M. Picchu também era um sonho, desde meus tempos de "magrinho" e que finalmente realizei, com o acréscimo da ida de moto, o que valorizou ainda mais.
Mas, quero acrescentar que tal experiência só foi possível ,graças ao incentivo que obtive lendo tuas aventuras. Como não consegui parceiros para esta empreitada, resolvi encará-la sozinho, baseado na tua experiência. E, valeu.
Com certeza, foi a aventura da minha vida (até agora,certo).
Só me cabe agradecer-te, ok? então
muito obrigado, mesmo."

AIRTON J. POZZA - Farroupilha - RS


"Recebi o seu livro em dois dias e li-o também em dois dias. Sou um apaixonado por viagens de aventura. Eventualmente também faço algumas e farei muito mais. 

Muito boa a narrativa de sua obra, continue viajando e escrevendo para nós!! ".

AIRTON JOSÉ MARCHI - Jaragua do Sul - SC 


"É um prazer ser sua amiga motociclista! Agradeço por receber meu trabalho escolar que fiz com seu livro Machu Picchu!  Um dia ainda quero ir a um encontro de motociclistas, se possível com você! Obrigado por lhe mostrar o quanto eu gosto de motos.                               Parabéns por ter tido coragem de viajar pelos Andes sobre duas rodas e sozinho." 

CAREN MICHELE BORDIGNON (13 anos) - Canoas - RS


"Simplesmente encantador!Que história magnífica! Meus parabéns!

A vontade que bate no peito de um jovem motociclista de sair por aí à la Easy Rider, ou à la Chardô, é estranha. Uma vontade maluca de planejar uma aventura e sair...Parabéns!

Que tua experiência continue servindo de motivação para jovens motociclistas como eu, que, a cada página, sofriam e sorriam junto contigo rumo à Machu Picchu!"

LUIZ FELIPE LEBSA CORULLON - Viamão - RS


"Parabéns pelo seu livro, não só quanto a grande aventura descrita, mas também pela riqueza de informações e dicas que são essenciais em qualquer outra viagem de moto, fica sempre muito mais fácil para inexperientes, como é o meu caso, ter uma referência e dicas tão valiosas.

O seu livro foi para mim reacendeu uma vontade antiga de fazer este mesmo percurso, e agora inclusive sinto muito mais segurança e estou decidido a fazer esta viagem."

CLÉCIO - Vitória - ES


"Terminei o livro ontem amigo Chardô e que livro!!!!, parabéns pelo sucesso
da viagem e do livro, espero ter a oportunidade de ler outros livros de
outras viagens realizadas. Acho que nada escrito no papel pode ser comparado
com o que você realmente viveu nesses lugares maravilhosos, mas deixa um
gostinho para que possamos ir adiante na realização de nossos sonhos, ou
seja, viajar de moto.
Obrigado pela oportunidade de nos proporcionar grandes momentos."

RICARDO BARRETO - Fortaleza - CE


                       "É muito gostoso e gratificante para quem gosta do motociclismo e de viajar, ler relatos como o seu, que trazem uma mensagem positiva sobre a vida e como devemos encará-la. Parabéns."

EDSON LUÍS KNABBEN - Joinville - SC


"Acabei de ler seu livro Machu Picchu. Presenteado por um amigo e autografado.Foi começar e não parar, capa a capa. 

Bom do começo ao fim.A parte que mais gostei, foi na página 136,  que é um convite para quem quiser ver o que você viu, que viaje também:

"...como já passei por mais de 1.000 cruzes  em toda a viagem e não fotografei nenhuma, nem aquela que tinha sido transformada em uma verdadeira igreja, sigo em frente com o vento dos Andes batendo no capacete parecendo dizer: "Deixe para quem quiser ver que venha por aqui".

Parabéns pela sua forma de escrever A gente acompanha com facilidade e parece vivenciar todos os lances, como se estivesse viajando junto."

 

JOBEL - Camboriú -SC


"Amigo Chardô! Parabéns pela sua aventura e seu livro. Fascinaste. Eu li o livro e fui me vendo junto na tua aventura, cheguei a sentir as mesmas emoções enquanto lia. Cheguei até mesmo sentir o ar das montanhas.Um grande abraço de quem como você, também é fascinado por motos. Que Deus sempre te acompanhe amigo."

LUIZ ANTÔNIO - Mondaí - SC


"Ao iniciar a leitura de teu livro, não tinha consciência do tamanho da empreitada que estava eu querendo realizar, veja você, sair de Recife-PE e ir até Machu Picchu, em cima de uma motocicleta; Acabo de devorar todas as tuas paginas, fiquei com uma sensação de estar perdido, de estar sem rumo, pos devorei tão rápido as letras, por alguma razão não parei de ler, só agora percebo o que foi; eu estava com você na imaginação, nos sonhos, nas emoções vividas, por esta razão não queria parar. Ai esta a razão de estar sem rumo e perdido, a tua viagem teve seu inicio e parou em Porto Alegre.

            Agora a minha continua aqui tendo tuas experiências como guia para minha realização; dificuldades atravessaremos, tive a certeza, mas você de uma forma mágica que ainda não sei dizer como, me mostrou que é possível realizar um sonho... Muito obrigado Chardô.

            Um grande abraço fraternal do novo amigo Aventureiro."

 

MARCELO LEMOS - Recife - PE


 

"Realmente seu livro e a sua viagem me impressionaram muito pela coragem e
persistência, pois ela me traz uma lembrança , quando da tentativa de eu ir
a Santiago no Chile passando pela Argentina e Uruguai, e não tendo
conseguido, na ocasião tinha uma Shara 350, e um excesso de ansiedade me
tomou conta e tive que voltar. Mas minha vontade ainda persiste, no momento
estou sem moto, mas o sonho de viajar por este caminho ainda vive, só que
com uma moto mais confortável e confiável, e quem sabe até sozinho, não sei,
o tempo vai me dizer. Parabéns pelo livro, quando vc começa a le-lo não
quer mais parar, vc viaja junto, e como gosto de geografia, viajei com ela
pelos mapas na internet, acho que esse trajeto que vc fez, sozinho é
complicado. Parabéns também pelo exemplo de pai diante do problema familiar.
Com certeza vou recomendar aos meus amigos, principalmente ao Beto Spoganicz
que tem uma DR800 e as vezes me empresta para matar a saudades da minha
moto."

 

ROBERTO I. FISCHER - Brusque - SC


 

"Somente agora  quase seis anos após o lançamento do teu livro é que ele veio parar em minhas mãos. Pode acreditar , enquanto não cheguei no final  não descansei .  Viajei.  No momento da neve e do tombo então nem se fala. Impressionante. Parecia que eu estava lá junto sem poder fazer nada. Que sufoco, que  aventura. Parabéns pelos relatos  , pelo  conteúdo , é uma aula de geografia e história.
Lá no ano  2000 no encontro de Taquara tu estavas. Inclusive  eu estava com alguns
amigos  teus que conheces a bastante tempo como o Tatu , o André Petri   e o Bola. Na ocasião tu estavas com as fotos e nos mostraste .
Hoje participo do Clube XT600, e numa das nossas andanças fiquei sabendo pelo  CP
(alemão Cara Pálida ) que ele era o teu parceiro da XTZ 750, e que por sinal esta com ela até hoje. Parabéns novamente.  Que Deus continue  iluminando teus caminhos.
 

GERSON FONSECA - Taquara - RS

 


"Sobre o livro "Machu Picchu", li e fiquei muito emocionado. A riqueza de detalhes e a forma como as passagens são descritas proporcionaram uma viagem inesquecível. Considero o teu livro como uma das melhores obras que tive o prazer de ler.

 Parabéns pelo excelente trabalho com o Site, com o Livro e pelas conquistas."

 

FERMIANO DE QUEIROZ FILHO - Montenegro - RS

 


"Acabei de ler seu livro ...

Muito bom, escrito com emoção e cheio de pesquisas históricas do caminho para Machu Picchu, dicas imprescindíveis para quem quer realizar uma viagem semelhante, é um verdadeiro GUIA...

Não supervaloriza os percalços do caminho, o que nos estimula à viajar sem medos. Continue assim, Deus te guie e abençoe em suas novas empreitadas."

 

NELSON LUIZ SOCHODOLAK - Ivaiporã - PR



"Recebi seu esplêndido livro dentro do prazo estipulado e 'devorei-o' em apenas 02 dias.
Muitas informações de extrema importância e relatos de um verdadeiro motociclista...
Agora estou bem mais seguro p/ enfrentar minha jornada rumo à Machu Picchu,
via Atacama. Agradeço imensamente sua colaboração e pronto atendimento.
Parabenizo-o pela história que vc fez em seus milhares e milhares de km
percorridos. Pode estar certo, vc ganhou mais um fã!!!
Continue assim, trazendo à nós as mais belas imagens e relatos de quem,
realmente, sabe viver a vida!! "
 


ANTONIO ROMANELLI - Santos - SP



 

"Tenho o livro Machu Pichu que li varias vezes e me ajudou muito na viagem pelo Atacama até o Peru,
assim como o guia/mapa da copec que definiu toda minha viagem."

HAROLDO REINKE - Paranavaí - PR


"Caro Chardo, seu livro é realmente uma viagem,acrescenta conhecimentos
relativos aos lugares visitados, não é somente o relato de uma aventura, é
também cultural. No meu caso que estou planejando a minha primeira viagem
internacional de moto, veio a calhar e só me incentivou ainda mais à
empreender esta viagem."

EDGARD BICICCHI - São Paulo - SP


"Acabo de "degustar" esta fantástica aventura (recebi o livro há três dias).
Considero que a "missão" foi coroada de sucesso, à despeito das "ocorrências" de
percurso, indesejáveis, mas aventura sem história é só um passeio.
  Elogios ao cuidadoso planejamento, sem o qual teria sido impossível prosseguir
e realizar um sonho tão acalentado. "Viajei" na aventura, acelerando a minha
própria DR800 nos retões do Atacama e senti o frio dos altiplanos. Parece que a
Petrobrás perdeu um engenheiro e a literatura ganhou um escritor. Parabéns pela
descrição informal e interessante que nos remete ao capítulo seguinte com
grande expectativa."


ROBSON DE AZEREDO LIMA - Rio de Janeiro - RJ
 


"Recebi seu livro da viagem a Machu Picchu na sexta-feira a tarde e não consegui mais parar de lê-lo. Sua aventura foi fascinante, e a maneira como conseguiu transpô-la para o livro, foi impressionante. Uma aula de cultura, persistência, força de vontade para atingir um ideal. Realmente fiquei sentindo uma admiração muito grande pelo seu feito. Estamos planejando uma viagem para Machu Picchu em Jan/08 e os seus relatos serão de grande valia."

JOSÉ FERNANDO UTZIG - Três Passos - RS


"Recebi o "Machu Picchu" na quarta-feira passada (dia 8.8.2007) e, em dois dias, parando apenas para trabalhar e dormir, percorri todas as as suas páginas. Adorei a leitura, excelente relato dessa sua magnífica viagem. Dá para sentir tudo o que vc passou nesses 22 dias de estrada, é como se tivesse te acompanhado na minha moto! Tirando a parte que vc se machuca, o resto foi só curtição. Para quem é apaixonado por motos, assim como eu, ler sobre uma aventura com esta é muito bom! Meus sinceros parabéns!"

 ARNALDO DE MESQUITA BITTENCOURT NETO - Rio de Janeiro - RJ

 


"Fantástico, cheio de detalhes, fatos históricos, dados culturais e muito entusiasmo por parte do escritor viajante. Achei muito corajosa sua atitude de seguir com o projeto adiante após a "zebra" com os 2 companheiros que ficaram devido aos problemas mecânicos de grande proporções e , a princípio, abortariam a viagem por completo.É muito difícil fazer uma programação com um grupo e logo no começo do caminho, já em solo estrangeiro, seguir  este sozinho, tendo como companhia a valente DR 800 e a sombra ao seu lado. Além  de toda experiência repassada com os relatos, este livro é uma grande ferramenta aos viajantes, com distâncias totais e parciais no roteiro seguido,fotos com legenda, adesivo da viagem,  lista de " o que levar" e média de despesas .Imperdível !!!!!!"
 

LUIZ FELIPE BORGES - Passo Fundo - RS


 

"Parabéns por conseguir realizar seus sonhos, só me deu mais força para correr atrás dos meus.

  Uma frase que me marcou é quando diz que "não importa muito onde vc vai e sim o caminho percorrido", na verdade uma frase um tanto abstrata mas que nos leva a muita reflexão.

RAUL DEL TREJO - Presidente Prudente - SP


"Recebi seu livro e estou gostando de cada pagina que leio, admirei muito a sua coragem e determinação na tomada de decisão de continuar a viagem mesmo estando só, sempre  acreditei que por mais que pareça estarmos só nunca de fato estamos pois temos a energia que emana do universo e nessas viagens "solitárias " é que nos afinizamos com o cosmos e entendemos o quanto ainda temos que viajar para alcançar o destino final do ser humano a Luz Primordial. Agradeço pela dedicatória que é um estímulo para a minha viagem pois só de imaginar percorrer uma região onde seres humanos iluminados como os Incas um dia viveram é um imenso prazer..."

 MARCOS AURÉLIO GOMES - Itajaí - SC


"A vida nos oferece oportunidades que nenhuma ciência consegue explicar. Estou passando por uma fase muito difícil de minha vida... devido a um problema de saúde de minha esposa.
 
Não é de se espantar, que recebi seu livro de sua viagem a Machu Picchu e devorei ele em apenas 4 horas. Sem dúvida nenhuma o livro levantou ainda mais minha vontade de lutar pela minha esposa, pois nós motociclistas sabemos que existem mais coisas entre o céu e a terra, e vosso livro me estimulou a seguir em frente com mais garra e determinação.
 
Muito obrigado por disponibilizar o pedaço de sua vida conosco Chardô, sinto-me lisonjeado de lhe conhecer, mesmo que a distância."
 

GUSTAVO LUIZ MAZENOTTI PEREIRA - Brasília - DF


"Adorei o seu livro... e é nele que estou me baseando para ir a Machu Picchu... iremos pelo Sul pois a festa de 3 anos do meu moto grupo será lá ...
 Bem, estou aqui para agradecer ao excelente relato, que só me fez ter mais vontade de conhecer a terra Inca e as estradas que levam até ela."

KARYTA ALINE - Morretes - PR


 

"Tu es o culpado! Se eu não tivesse conhecido seu site, seus livros, não tivesse viajado nas suas histórias/estórias... Eu hoje não teria essa loucura dentro de meu coração, essa vontade de sair no mundo, essa vontade de conhecer as culturas, as cores, as paisagens... Tu es o culpado...

 
Obrigado Chardô! Excelente teu livro, viajei em cada pagina junto com você; Parabéns"
 
ROGÉRIO ALVES - Xangrilá - RS

 

"Acabei de ler o livro MACHU PICCHU!!!! É simplesmente maaaaravilhoso, emocionante....relatado com simplicidade, bom humor e tanta emoção que é como se estivéssemos vivendo também a aventura.
Não perde nunca este espírito livre e aventureiro...esta garra e persistência em realizar teus sonhos.


Usando uma frase do teu livro...." A felicidade que carregamos é que os tornam muito mais bonitos e marcantes...." ..caminhos, sonhos ....e pessoas!

Não sou motociclista, mas admiro-os, em especial a ti!
Parabéns Chardô"
 
MARILENE LANZ - Porto Alegre - RS


  

"Belo livro Chardô, ilustra muito bem as diversas situações e adversidades que todos que viajam grandes distancias de moto conhecem!!parabéns"

 

ANDRÉ LUIZ DOS SANTOS - Osasco - SP


"Recebi seu livro ontem a tarde e já devorei 80 páginas. Bom, fiquei encantado, primeiramente porque é uma viagem que pretendo fazer, talvez não com o mesmo trajeto mas farei, segundo porque poucos escrevem com uma linguagem simples, o que facilita a leitura e facilita a representação mental da história e terceiro foi a descrição do encontro com si mesmo quando chegou ao deserto, acredito que nessas viagens viajamos por dentro de nós mesmos, revemos conceitos e parâmetros que o dia a dia não nos permite."
 
JULIO CESAR ZANCHETT - Lages - SC

 

"Um livro muito gostoso de ler. Leve, linguagem coloquial, dando a impressão que se esta viajando junto nessa aventura."

 
 
RICARDO H. CIMIRRO - Porto Alegre - RS

"Adorei e acompanhei sua viagem no livro como se estivesse viajando com você, você realmente consegue transmitir muito bem as dificuldades e alegrias ao empreender sozinho uma viagem destas e mais quando você caiu na neve a 4.500 mts de altitude no Perú, eu confesso que fiquei angustiado, pois é uma situação impar e só o anjo da guarda pode ajudar a sair dela  e, é claro, uma boa doze de coragem e determinação da sua parte."
 

LUIZ RODRIGUES LLABERIA - São Paulo - SP


"Adorei o seu livro, comecei a lê-lo e em menos de dois dias já havia acabado e fiquei com um gostinho de quero mais. Foi uma aventura e tanto! Parabéns."

ROBINSON CERNICCHIARO - Curitiba - PR


 

"Vou de moto para Machu Picchu em 2010, mas após ler este livro quase que não preciso mais fazer a viagem, tamanha a riqueza de detalhes e emoções durante a viagem, ou melhor, leitura do mesmo. Obrigado Chardô, com certeza me motivou ainda mais a ir buscar este sonho de sentir de perto a energia da cidade perdida."
 

GEOCIL S. PRADO - Campo Grande- MS


 

"Sensibilizei-me com o relato do problema enfrentado com seu filho e relembrei do que vivi há alguns meses...

 
Estou planejando minha primeira viagem de longa distância de moto para o ano de 2010 ou 2011. Pretendo realizar aos 25 ou 26 anos.  
Saiba que seu livro foi digno de ir para minha cabeceira. Não sou adepto de auto-ajuda, porém seu livro serviu e servirá como base de reflexão para entendermos as razões de nossos propósitos."
 
 
FABRÍCIO BONGESTAB - Vila Velha - ES

"Recebi e li nesse final de semana seus dois livros. Impossível parar. Cadê os outros?

Sim, porque preciso de mais uns até que eu saia na minha própria viagem.

Você conseguiu traduzir o dia-a-dia de um espírito livre e ávido por mais caminhos, por um vôo cujo destino é certo, mas em que o prazer é ir, não necessariamente chegar.

Foi um privilégio viajar com você ao ler seu livro, foi como se você parasse a sua moto na minha frente, já carregada, pronta pra sair e dissesse:  Sobe aí!

Obrigado pela garupa."

FLÁVIO JOSÓ REINICKE MACHADO - São Paulo - SP


"Prezado amigo Chardô, fiquei feliz em saber da força que estas me dando na divulgação do meu humilde trabalho, espero que venhas a gostar da narrativa, eu já li e reli o seu livro o que estas de parabéns pela qualidade da diagramação e do assunto."

JOSÉ FERREIRA DA SILVA - Lages - SC

(Autor do livro "O Aventureiro - A volta ao mundo de lambreta")


"Acabei de ler o livro sobre sua viagem a Machu Picchu...
Achei muito interessante a sua experiência sozinho sobre duas rodas...
Como amante do moto turismo, apos ler seus relatos aumentaram ainda mais a minha vontade de conhecer Machu Picchu...
Obrigado pela excelente obra que com certeza ajuda muitos motociclistas como eu a atingirem seus sonhos..."
 

FABIO MACHADO - São Paulo - SP


"Acabei de ler seu livro de Machu Picchu!
É como estar viajando ao seu lado... Leitura fácil e agradável... Parabéns!!!

Me senti tentando levantar a "gloriosa" na neve... que sufoco!!!
Logo estarei adquirindo o "Ushuaia", para continuar a aventura..."
 

NELSON  ROCKENBACK - Treze Tilias - SC


   "Já na terceira leitura, não posso deixar de me encantar com seu relato. A maneira como o faz me fala diretamente ao coração. Machu Picchu me surpreende a cada leitura e quando começo, só paro no último ponto final.

Um forte abraço estradeiro do véio "

CLÓVIS LARRABURE - Franca - SP


"Acabei de ler seu primeiro livro.
Gostei tanto que li de uma tacada só, iniciei a leitura às 20hs de quinta-feira e terminei à 1h da manhã, admirando e realizando meu sonho através da sua narrativa e experiência.
Bom, agora acabei de comprar pelo pagseguro o seu segundo livro (Ushuaia - Uma aventura de moto ...)."

RICARDO ALLEGRETTI - Vargem Grande Paulista - SP

 


 

"Li os seus dois livros, e gostei muito. A forma como você conta suas viagens, as dificuldades e o jeito como você as trata é de uma riqueza sem tamanho.
 
Eu o chamei de Amigo porque, também sou motociclista e adoro viajar sendo assim decidi me dirigir a você desta forma. Nunca fiz uma viagem longa de moto, mas vontade não me falta e pretendo fazer uma em breve.
 
Vou usar muita coisa que li em seus livros para "projetar" esta viagem, e também vou usar muito esta "janela" que é a internet como você menciona em seu primeiro livro.
 
Espero algum dia ter a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente em poder lhe dar um grande abraço e cumprimentá-lo pela suas viagens e principalmente pela  grande mensagem descrita em seus livros que pra mim é "NUNCA DESISTA DE SONHOS".

JOSÉ APARECIDO DE LIMA - Suzano - SP

 


"Em 2003, quando estava na faculdade, um amigo acabou deixando comigo uns materiais... há algumas semanas, acabei encontrando uma caixa com algumas lembranças e, lá estava seu livro sobre  "Machu Picchu". Comecei a ler. Fantástico !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  Li depoimentos reais que, eu como motociclista de longas viagens, tbm sei como são. Estou lendo ele novamente, agora estou acompanhando seu roteiro pelo "google Earth". Meu filho tem 14 anos, tenho planos de fazer uma viagem até o pacífico quando ele completar 22.  Acabei me tornando seu fã."

CÍCERO M. PRETTO - Nova Mutum - MT


"Adquiri o Livro da viagem a Machu Picchu e fiquei encantado.. muito bom, informações claras e excelente texto onde da para perceber bem as emoções da viajem.. Parabéns pelo trabalho."

DIEGO ZANCHI BATTISTELLA - Palamas - TO

 


 

"Obviamente você não se lembrará de mim, mas em 2006 adquiri o seu livro "machu picchu", o qual veio gentilmente autografado.
 
Na época, ao lê-lo, fiquei muito animado para conhecer os lugares que você descrevia. E nos últimos 30 dias, tive a oportunidade de passar por vários desses lugares com minha família. Visitei machu picchu, cuzco, nazca, puno, passei pelas ilhas "flotantes" do lago titicaca, la paz, além de quito e a "rota dos vulcões", por todo o equador.
Mas o que realmente gostaria de compartilhar contigo, é o entusiasmo com o qual agora volto a ler o seu livro. Ler o livro quando não conhecemos os lugares, traz um tipo de sensação. E agora que também passei por vários lugares que você visitou, a sensação é muito interessante, pois ao reler o seu livro, eu consigo reviver muitos lugares pelos quais passei, e realmente é muito legal!
Também gostaria de agradecer pelas dicas e alertas que você colocou no seu livro, pois eles foram de grande importância para mim nessa minha viagem!
 
Quem sabe algum dia, as circunstâncias permitam que eu te encontre pessoalmente e te dê um fraternal abraço."
 

WALTER HUGO - Goiânia - GO

 


"Terminei o livro.

Excelente !!!

No final que entendi o lance do “comprometimento do planalto vertebral”. Já estava começando a achar que vc tinha mascado muita folha de coca. Heheheh

Abriu o livro com maestria e o fechou com sabedoria. Acho que ainda caberia mais umas 100 páginas de histórias ali.

Parabéns. Nos envolve, nos emociona, nos aflige e nos encanta."

HENRIQUE CESAR MATOS - Brasília - DF

 


"Chardô! Gostaria de parabenizá-lo pelos seus livros. Estou terminando de ler Machu Picchu, e dentre outras coisas que aconteceram, me motivou muito a voltar a pilotar. Meus companheiros de grupo estão neste momento voltando de Machu Picchu, de uma viagem de 17 dias, com um roteiro se não igual, muito parecido com o seu. É de pessoas assim que o motociclismo brasileiro precisa."

MARCOS MACHADO - Monte Negro - RS

 


"Oi! Chardô!A D O R E I !!!!teu livro...Li em dois dias, viajei em dois dias...è fascinante, gosto desse tipo de livro, aventuras reais...bem contadas, só o que interessa, o resto é só imaginação... Parabéns e já estou lendo o segundo. Vou comprar para presentear amigos."

LENITA STABEL - São Leopoldo - RS

 


"Caro Chardô, sensacional seu livro Machu Picchu! A leitura foi altamente prazerosa. Pilotei com você o tempo todo. Suas descrições são demais, me senti como se estivesse junto com o amigo. Gostei muito da maneira que você descreve, sobre o contato que teve com as pessoas pelo seu carinho. Os detalhes geográficos e históricos sobre Machu Picchu, estão show! Uma viagem sem conhecimento da história local, fica incompleta e você descreveu muito bem e muito rico em detalhes, parabéns. Gostaria de estar la para ajudá-lo a levantar a moto da neve, que agonia passei com você, mas seria impossível, pois também gosto de viajar solo. rsrsrs. Um grande abraço ao amigo e belas estradas na sua vida!!!"

ANDRÉ LINCK - Garopaba - SC

 


"Fiquei fascinado com seus relatos sobre amizades....a forma espontânea como vc se apega a pessoas e elas a vc em cada pousada, em cada restaurante...
Bom, é difícil achar palavras...vou minimizar agradecendo a vc por ter dado a mim e a centenas de outros, essas duas obras narrando suas aventuras...
Que Deus ainda lhe proporcione belas aventuras e que vc volte sem ossinhos quebrados."

ALEXANDRE BENEVIDES - São Pedro - SP

 


 

"Terminei a leitura dos seus livros! Só tenho a agradecê-lo por compartilhar aventuras assim! Nos levam a outro nível ! Obrigado! Sucesso e muitos kms a você! "

JOÃO DANIEL POSSEBOM - Cianorte - PR

 


"Em primeiro lugar, quero agradecer pela página autografada e pelas palavras que colocou em meu exemplar.
Recebi seu livro em 13/03 (quarta feira) e ontem a noite (15/03) sexta feira já havia-o "devorado" totalmente.

Parabéns pela aventura e principalmente como relatou dia-a-dia, de sua exuberante viagem.

Cada frase, cada parágrafo, cada página, cada passagem pelos lugares que descreveu, parecia que ao ler, eu estava junto participando, pois já tive a oportunidade de estar em parte desse trajeto, em janeiro de 2012.

Também aproveito a oportunidade p/ dizer-lhe que algumas palavras do livro marcaram-me muito, e para você digo que é a mais pura verdade de que "O Senhor não dá o fardo maior do que possamos carregar" ...

PAULO SÉRGIO TEIXEIRA - Colonia Samambaia - PR

 


Acabei de ler seu livro Machu Picchu, faz muito tempo que eu planejo uma viagem para lá, mas como não tenho coragem de ir sozinho (eu e Deus) e aqui no Ceará é difícil arrumar um amigo que queira e possa ir! kkkkk mas o sonho não morre!! também ví um vídeo seu em Paso San Francisco, não lembro direito o nome do local mas acho que era este mesmo, agora em 2012, vc numa Transalp! ai foi que fiquei empolgado mesmo, porque eu tenho uma Transalp aqui com 1300km, bem dizer zerada!kkkk prontinha pra aventuras!kk só queria lhe parabenizar pelo livro e por suas viagens, pela percepção das pequenas coisas, (isso é o que vale mesmo), pela sua força de vontade, vc é um herói meu velho, se assim posso o chamar com todo o respeito, na verdade velhos são os que morrem sem ter vivido! e desses, sim devemos ter pena, digo velho porque depois que lí seu livro é como se eu lhe conhecesse a muito tempo, pela linha de pensamento parecia com a minha. Abraço e qualquer hora a gente se encontra aí no meio desse mundão de meu Deus! Fique com Deus.

 REGINEY SALES - Fortaleza - CE

 


LEIA O LIVRO MACHU PICCHU

E NÃO FIQUE SURPRESO SE VOCÊ ENTRAR PARA ESTA LISTA